3CE97F5D2239A2AF6BFF8F076536A584 Epifânia Barbosa quer gratificação de periculosidade a educadores de unidades prisionais | Atividades Escolares / Juntos pela Educação Visite-nos no Google+

domingo, 10 de março de 2013

Epifânia Barbosa quer gratificação de periculosidade a educadores de unidades prisionais

,
Epifânia Barbosa, ao pedir a inserção da gratificação no texto da lei 680/2012 ou em lei específica, fez questão de observar que, quando dos debates para elaboração do PCCR dos profissionais da educação básica... 



Ao citar que a lei 680/2012 (Plano de Carreira, cargos e Remuneração dos Profissionais da Educação Básica do Estado de Rondônia) não concede esse benefício que havia sido assumido pelo chefe do Executivo, a deputada Epifânia Barbosa (PT) encaminhou ao governador Confúcio Moura solicitação no sentido de que seja instituída gratificação de periculosidade aos profissionais de educação que atuam nas unidades prisionais de Rondônia.
“Numa sociedade em que milhares de pessoas encontram-se à margem do processo educacional e, portanto, sem direito à plena cidadania, a educação dos presidiários assume um papel fundamental em sua formação como seres humanos. No entanto, é grande o desafio dos professores que trabalham em presídios. Vivemos em um País que possui um número elevado de detentos, com o segundo maior número de presos da América. Esses profissionais da educação são expostos a um perigo constante e imprevisível. Daí a necessidade da valorização com a instituição da gratificação de periculosidade. É uma maneira de motivarmos ao desempenho de suas atribuições funcionais”, comentou a deputada petista.
Epifânia Barbosa, ao pedir a inserção da gratificação no texto da lei 680/2012 ou em lei específica, fez questão de observar que, quando dos debates para elaboração do PCCR dos profissionais da educação básica, ficou acordado que esse benefício seria concedido aos educadores que ministram aulas em presídios de Rondônia. “Acredito que o Poder Executivo vai instituir a essa gratificação aos profissionais da educação que trabalham nos presídios. O pedido é justo e, também, sempre fez parte dos acordos firmados quando da elaboração do Plano de Carreira, Cargos e Remunerações dos profissionais da educação, lei essa já aprovada pela Assembléia Legislativa”, finalizou a parlamentar.


Fonte:  Igor Cruz

0 comentários to “ Epifânia Barbosa quer gratificação de periculosidade a educadores de unidades prisionais ”

network

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...