. Aumento na carga horária é um passo para ensino integral, diz secretário - Atividades Escolares / Juntos pela Educação Juntos pela Educação 3CE97F5D2239A2AF6BFF8F076536A584 Aumento na carga horária é um passo para ensino integral, diz secretário - Atividades Escolares / Juntos pela Educação

Encontre aqui o que você procura

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

# NOTÍCIAS

Aumento na carga horária é um passo para ensino integral, diz secretário

Alunos do 3º ano do ensino médio terão uma hora a mais de aula.
Intenção é trabalhar melhor conteúdos de língua Portuguesa e Matemática

Secretário de Educação Daniel Zen (Foto: Rayssa Natani/ G1) 
Secretário de educação do Acre, Daniel Zen.  
 
A carga horária do 3º ano do ensino médio aumentou em uma hora nas escolas públicas, em 2013.  O secretário estadual de educação, Daniel Zen, explicou em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (27) que a 5ª hora obrigatória é um passo efetivo para a implementação da educação em período integral no Acre.
No primeiro momento, a proposta de ampliação do horário de permanência do aluno na escola em uma hora tem como objetivo principal reforçar os conteúdos de língua portuguesa, com foco na produção textual e práticas de leituras, e matemática, trabalhando operações básicas. "Muitos alunos, dos maus aos bons, têm problemas com alguns conteúdos básicos e passam de ano com dificuldade", ressalta o secretário.
Oficinas com temas variados e atuais serão oferecidas para complementar a grade curricular. O aluno pode escolher qual dos temas pretende estudar. Os conteúdos diferenciados serão trabalhados por meio de audiovisuais, mídias, textos e produção de textos, para estimular o aprendizado, o senso crítico, a leitura e a escrita dos estudantes.
Segundo Daniel Zen, a implementação do ensino integral deve acontecer de forma gradual. "Precisamos pensar no ponto de vista orçamentário e financeiro, porque é um desafio caro. É como se a gente tivesse que dobrar o orçamento que temos hoje, que já é quase 30%  de todo orçamento do estado. Chegar a 60% do orçamento do estado é impraticável", afirma.
Para ser considerada de ensino integral, a instituição deve oferecer aos estudantes uma jornada dupla de no mínimo sete horas. O que requer adequações, tanto no quadro efetivo, quanto na estrutura física da escola.  Até o momento, apenas a escola Maria Chalub Leite, em Rio Branco, oferece o ensino.
Postar um comentário

network