. Educação do RJ oferece 362 vagas de professor docente - Atividades Escolares / Juntos pela Educação Juntos pela Educação 3CE97F5D2239A2AF6BFF8F076536A584 Educação do RJ oferece 362 vagas de professor docente - Atividades Escolares / Juntos pela Educação

Encontre aqui o que você procura

quarta-feira, 13 de março de 2013

# NOTÍCIAS

Educação do RJ oferece 362 vagas de professor docente


Paga até R$ 1,8 mil
19/05/2013Prova objetiva











































Estão abertas 362 vagas, mais cadastro, de professor docente I, na Secretaria de Estado da Educação (Seeduc) do Rio de Janeiro. São oferecidos salários de R$ 1.001,82 e R$ 1.878,40, em jornadas de 16 a 30 horas semanais respectivamente.

Há colocações em todas as regiões do Estado. A distribuição das disciplinas por cada município pode ser conferida no edital anexo ao lado. Do total de ofertas, 5% dos postos serão reservadas a candidatos com deficiência e 20% para negros e índios. O prazo para garantir a participação já está valendo e termina em 14 de abril.

As inscrições acontecem pelo site www.ceperj.rj.gov.br, com taxas de R$ 50 (16 horas e ensino religioso) e R$ 70 (30 horas). Quem preferir, pode comparecer ao posto de inscrição presencial, localizado na rua Carlos Peixoto, nº 54, em Botafogo, Rio de Janeiro. O atendimento é feito de segunda à sexta, das 10h às 16h. No momento da inscrição, o candidato opta pela região onde pretende atuar.

Vagas
Para as 218 vagas de professor docente I, de 16 horas, há postos nas disciplinas de artes (73), biologia (CR), ciências (1), educação física (CR), espanhol (CR), educação física (82), história (CR), inglês (17), sociologia (45) e disciplinas pedagógicas (CR).

Já para professor docente I, 30 horas, são 144 ofertas e as opções são as disciplinas de física (84), geografia (47), matemática (CR), português (1) e química (12).

Todos exigem licenciatura plena específica na disciplina desejada.

O segundo edital é especifico para professor docente I, em ensino religioso (do 6º ao 9º ano), e abre cadastro reserva para quem tem, além da licenciatura, credenciamento para ministrar ensino religioso. A jornada é de 16 horas semanais.

Avaliação
Haverá prova objetiva e avaliação de títulos, para todos os cargos. Serão abordadas questões de português, conhecimentos pedagógicos e conhecimentos específicos (exceto ensino religioso); e os títulos aceitos são os de experiência, especialização, mestrado e doutorado. A aplicação da prova objetiva está prevista para 19 de maio.

Também haverá prova discursiva sobre a área, somente aos candidatos a ensino religioso.

 
Fonte:
George Corrêa
Postar um comentário

network