. Atividades para 5º ano - Ensino Fundamental - Atividades Escolares / Juntos pela Educação Juntos pela Educação 3CE97F5D2239A2AF6BFF8F076536A584 Atividades para 5º ano - Ensino Fundamental - Atividades Escolares / Juntos pela Educação

PROMOÇÃO

PESQUISAR

domingo, 26 de abril de 2015

# AULAS # PORTUGUES

Atividades para 5º ano - Ensino Fundamental

ATIVIDADES PARA O  5º ANO

BILHETE AO SENHOR GRILO
Senhor Grilo, por favor,
Interrompa a cantoria.
Não sei como nem por quê,
Não me deixa adormecer
Com seu cricri noite e dia.
Se quiser, meu senhor Grilo,
Vá cantar pra sua tia.
Fonte: Sérgio Caparelli. 111 poemas para crianças. Porto Alegre, LP&M, 2003.
1 - No bilhete ao senhor Grilo é pedido que ele
(  ) cante noite e dia.
(  ) interrompa a cantoria.
(  ) adormeça a vizinhança.

2  -               Parte superior do formulário
O último verso do poema “Vá cantar pra sua tia.” revela que quem escreve o bilhete está
(   ) irritado.
(   ) agradecido.
(   ) emocionado.
(   ) desconfiado.

                          Para rir um pouquinho
– Alô! Seu Brito? Como vai essa força? Aqui é o gerente da loja.
Olha, eu só liguei pra avisar ao senhor que a sua prestação venceu!
– É mesmo, é? Puxa, nem sabia que ela estava jogando.
www.escolamultimeios.org

3 - Na frase, “Olha, eu só liguei pra avisar ao senhor que a sua prestação venceu.”, a palavra destacada indica que a prestação
(  ) já foi paga.
(  ) foi cancelada.
(  ) não será cobrada.
(  )ainda não foi paga.

                      ALBERT EINSTEIN
                O pequeno Albert Einstein demorou tanto para aprender a falar que seus pais ficaram preocupados. Sempre foi calado, não brincava muito com os outros e preferia ficar em casa lendo, ouvindo música e fazendo castelos com cartas de baralho.
Na escola, as notas do futuro físico e inventor da Teoria da Relatividade eram baixíssimas e um dos professores achou melhor que Einstein parasse de estudar. Mas, aos 12 anos, ele começou a se interessar por matemática e não parou mais de pesquisar e aprender, tornando-se um dos maiores gênios do século 20.
Albert Einstein - o mais célebre cientista do século 20. Foi um físico alemão conhecido por desenvolver a teoria da relatividade.

4 - O tema do texto é
(   ) educação do Século 20.
(   ) a origem da matemática.
(   ) a Teoria da Relatividade.
(   ) a infância de Albert Einstein.

       OS DOIS AMIGOS E O URSO
Iam os dois homens pela estrada
Quando um urso os atacou.
Enquanto um deles caiu,
O outro, em desabalada
Fuga, numa árvore subiu
O que ficou se fingiu
De morto. O urso cheirou,
Mexeu, virou, revirou,
Finalmente desistiu.
Depois que o urso sumiu,
O outro, de volta, rindo,
Ao amigo perguntou:
– quando fuçou teu ouvido,
O que o urso falou?
– Que nas horas de perigo,
Se conhece o falso amigo.
Fonte: La Fontaine. Fábulas. Revan. Rio de Janeiro, 1998. (tradução de Ferreira Gullar)

5 - O amigo que caiu conseguiu livrar-se do urso porque
(   ) se fingiu de morto.
(   ) fuçou o ouvido do urso.
(   ) atacou ferozmente o urso.
(   ) iniciou uma desabalada fuga.

6 - Da leitura do texto “Os dois amigos e o urso”, pode-se entender que

(   ) um perigo pode ser evitado, se houver cautela.
(   ) um homem desatento pode ser atacado em estradas.
(   ) um amigo esperto deve ficar calmo em todas as situações.
(   ) um amigo de verdade deve ajudar o outro em qualquer situação.

                    OLÍVIA PIRULITO
[...] Eu, Olívia Pirulito, estou com um grave problema: minha melhor amiga, a Eneida, que estuda na mesma classe, faz as lições junto comigo, passa alguns fins de semana na minha casa, ou eu na dela, me liga todos os dias, mesmo que seja pra dizer que não tem o que dizer, pois bem, a Eneida resolveu pajear um aluno novo que veio de outra escola para a nossa classe. Empresta os cadernos pro Vicente, apresenta os colegas pro Vicente, aos poucos, porque diz que ele é muito tímido, se oferece pra estudar com o Vicente as matérias em que ele tem mais dificuldades, e até lanche ela já dividiu com ele!
Com isso, acabou se afastando de mim. [...]
Fonte: Cristina Porto. In Olívia Pirulito. São Paulo, FTD, 1996
.
7 - O narrador do texto é
(   ) Eneida.
(   ) Vicente.
(   ) Olívia Pirulito.
(   ) um colega de Vicente.

        SAÚDE
É uma coceira
Que sobe, desce
E de repente
Desaparece.
Mas logo volta
mais insistente
e a gente
(ora essa, um lenço depressa)
faz ah... AH... TCHIN!                 
Fonte: José Paulo Paes. Lé com crê. São Paulo: Ática,1993.

8 -Para justificar o título da poesia, a construção dos dois últimos versos “AH...TCHIN!” reproduz

(  ) a falta do lenço.             
(  )   a força do espirro.               
(  ) a sensação de coceira.                                                 
(  ) a insistência do resfriado.

Parte inferior do formulário



Postar um comentário

network

PROMOÇÃO